terça-feira, 6 de outubro de 2009

Ressuscita-me


Matéria da revista Planeta, edição de abril de 2009: Ressurreição
É o seguinte: Através de técnicas de clonagem e seqüenciamento genético, podem-se trazer de volta vários animais extintos. Mamutes, tigres-dente-de-sabre, megatério (pensei que fosse da PRK30, mas era uma preguiça gigante), alce gigante, rinoceronte lanudo, Dodô, gliptodonte (um tatu que poderia escavar os túneis do metrô), o trigre-da -Tasmânia e segue uma lista de feras feias e enormes, famintas e desajeitadas, que passariam um povoar nossas já tão minguadas áreas não urbanas. Certamente acabariam nas nossas ruas, acabariam com as nossas ruas e até com os nossos animais menosestranhos .
Ora, cientistas, a lógica nos diz que a evolução acabou com certas espécies pois elas não primavam pela eficiência. Foram substituídas por outras mais bem boladas, com design mais avançado, melhor carroceria, melhor custo-benefício. Seria como ressuscitar o Dodge Dart, ou o Simca Chambord. Interessantes para colecionadores, porém inviáveis para se ir a qualquer lugar .
Mas o mais impressionante ítem da lista é nada mais nada menos do que o Homem de Neanderthal! Sim, leitores. O lindo, charmoso, inteligente e viril (sem dúvida isso é ele) Homem de Neanderthal, Homo Neandertalensis, nosso ancestral que habitou partes do oeste da Ásia até cerca de 29.000 anos atrás, segundo a Wikipédia.
Bem, ponho-me refletir um, no espelho embaçado de minha diminuta mente ignorante, porque certamente os cientistas que desenvolvem que esses projetos são muito mais preparados do que eu, mas reflito. Acho que vou suspender todos os meus projetos de relacionamentos amorosos por enquanto. Queridos pretendentes, mesmo o meu favorito, por quem eu ando suspirando pelos cantos, saiam da fila, porque ela só andará no dia em que eu encontrar meu prórprio neand. Pronto. Já achei até nick-name para ele. Espero que apareçam muitos aqui no Brasil, pois estarão muito à vontade numa pátria governada por um presidente como o nosso. Mas isso não vem ao caso.
Amigos, preparem-se para o futuro. Ele poderá ser muito mais interessante do que nós imaginamos.

2 comentários:

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Só você para me fazer rir; andei sumida porque perdi uma irmã muito querida.
Mas devagarinho voltarei para vossas nada banais páginas.
BJS!

Teca Barcellos disse...

Parece que tem uma maldição com essa postagem. Cada vez que venho olhar aqui ela está cheia de maluquices, letras maiúsculas no meio da frase, palavras fora do lugar...outro dia o texto estava todo sublinhado. Leitores, me perdoem, mas não é culpa minha.